Óculos clássicos: você conhece a história dos modelos Signet e Caravan?

Na virada dos anos 40 para os anos 50, a Ray-Ban já havia se firmado no mercado internacional como uma das mais icônicas produtoras de óculos de sol no mundo.

Até então, o modelo aviador era o carro-chefe da empresa, tornando-se um acessório de moda que transcendeu o uso como equipamento militar e que fez a cabeça de milhares de americanos, ainda, durante o início dos anos 40.

Com a mudança de década, a marca se apressou em conceber os sucessores do principal produto de sua linha, atualizando o design e lançando duas armações metálicas que viriam a se tornar referências no mundo fashion no espaço de apenas quatro anos: o Ray-Ban Signet e o Ray-Ban Caravan.

O Signet chegou primeiro, em 1953, apenas um ano depois do lançamento dos Wayfarers, as armações de plástico que ficariam famosas no filme Rebelde Sem Causa, com James Dean, em 1955. O primeiro herdeiro dos aviadores era uma espécie de mistura dos clássicos óculos ovais com os então, recém-lançados, browline glasses da empresa de óculos Shuron.

Este modelo conta com uma haste horizontal que cobre toda a ponte do nariz e chegou ao mercado com opções em dourado e prateado, tornando-se uma opção menor, mais leve e mais moderna dos clássicos aviadores.

O segundo filho das armações militares foi criado em 1957. O Ray-Ban Caravan passou a ser a quarta armação metálica produzida pela marca, com lentes mais quadradas que o antecessor da década de 30, atualizando o design que foi imortalizado nos anos 40, graças à influência de Hollywood e, especialmente, dos pilotos militares americanos.

O Caravan, porém, demorou mais tempo para se tornar um ícone fashion. Isso só aconteceu em 1967, graças à atuação histórica de Robert DeNiro como Travis Bickle, o protagonista do filme Taxi Driver, de Martin Scorcese (veja o vídeo abaixo)

Quer encontrar óculos das melhores grifes? Nas Óticas Diniz você encontra os modelos perfeitos para qualquer ocasião.

Para mais dicas e informações, fique de olho no nosso Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *