Seus filhos pequenos precisam usar óculos? Veja dicas

Se os sinais acerca dos problemas de visão forem detectados precocemente, as chances de eles serem eliminados ao passar do tempo são maiores.

Algumas pessoas precisam de cuidados e proteção com os olhos desde o nascimento, onde é realizado, em alguns Estado brasileiros, o teste do olhinho que identifica possíveis glaucomas, tumores, inflamações, hemorragias e catarata.

Se onde você mora não houver este exame na maternidade, ele pode ser feio por meio de profissionais da pediatria. Caso seja difícil detectar resultados por meio deste exame, o bebê é encaminhando ao oftalmologista.

Em casos de nascimento prematuros, este acompanhamento se faz mais urgente já que como a formação pode não ter sido completada, um possível deslocamento da retina pode causar cegueira.

Nas primeiras semanas, o recém-nascido pode lacrimejar com frequência sem motivo aparente, isso acontece por haver uma obstrução da drenagem da lágrima. Mantenha a calma, isso é normal.

Ainda assim, é importante manter contato com o médico que dará todo apoio e conhecimento necessário.

Se os olhos do bebê ficarem muito irritados após a saída da maternidade, é necessário leva-lo ao pediatra.

Por mais que a saúde da visão de seu filho não apresente nenhum problema, é importante que ele passe por um acompanhamento anual com um oftalmologista.

Principalmente ao completar um ano, quando o profissional faz um exame geral para saber como anda a visão da criança.

Caso a criança necessite usar óculos, aqui vão algumas dicas:

1.Seja o modelo do seu filho

As crianças, principalmente na primeira infância, têm seus pais como principais modelos para sua formação individual.

Como acostumar com o uso dos óculos não é uma tarefa tão fácil nesta fase, é legal que os responsáveis pensem em hábitos, brincadeiras e até mesmo recompensas que mostrem para a criança que isso é importante para ela.

2. Sem broncas

Não brigue com a criança quando ficar sem usar ou tirar os óculos. Tenta manter tudo pela base do diálogo e a elogie quando usar corretamente.

Com isso, ela pode compreender que aquilo é sério e talvez se sinta estimulada para levar o uso do óculo mais a firme.

3. Ensine como usar e preservar

Uma boa ideia para que a criança tome o uso dos óculos como algo rotineiro, é criar horários para que coloque ou os tire, em caso do modelo para descanso.

Além disso, é importante que ela sempre esteja com a sua caixinha e lenço para que o adereço permaneça limpo, sem atrapalhar a visão, e possa ser guardado quando necessário.

No geral, se a idade permitir, deixe que seu filho possa ajudar na escolha da armação e cor, pois assim ele ficará mais animado para usar seus óculos.

Para criança é bom que o modelo venha acompanhado de hastes para manter a proteção e segurança, tanto da criança quanto do objeto.

Está em dúvida sobre qual modelo escolher para seu filho? Vá a uma das lojas das Óticas Diniz e dê uma olhada nos modelos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *