Como se acostumar com os seus novos óculos de grau

Qualquer mudança requer tempo para acostumar-se com o novo. Com os óculos, não poderia ser diferente. O processo de familiarização com novos óculos de grau é algo importante e que deve ser levado a sério.

Muitas vezes, esse processo pode causar desconforto no início e os pacientes podem demorar alguns dias para se adaptar totalmente, principalmente se foram trocadas as lentes e a armação juntas. Os olhos precisam de um tempo para se ajustar à nova forma de enxergar e, durante essa fase, é comum surgirem alguns sintomas, como tontura, vertigem e dor de cabeça.

Isso acontece porque as lentes dos óculos auxiliam na nitidez dos objetos e algumas características delas, como a espessura, os tratamentos e até mesmo o design, interferem no processo de adaptação. Por isso, a melhor forma de passar por esse período é ter paciência e observar o processo gradual de adaptação. Se os incômodos persistirem por muito tempo, procure o seu médico oftalmologista para informá-lo de todos os sintomas.

Abaixo, você confere algumas dicas para amenizar essa transição que vão fazer você se acostumar com o processo mais facilmente.

Não dirija nem ande sozinho

Se você nunca usou óculos de grau, sua percepção de profundidade pode mudar consideravelmente quando colocá-los pela primeira vez. Com isso, sintomas como enjoo e tontura podem aparecer, o que não combina nada com o volante. Por isso, no primeiro dia, pelo menos, tenha a ajuda de alguém que possa dirigir ou andar com você.

Se incomodar, persista

No começo, pode ser desconfortável se acostumar com um objeto novo na frente do rosto. Você pode ficar olhando para o centro dos óculos ou as hastes podem incomodar atrás das orelhas, mas isso é normal. Quando isso acontecer, tente desviar sua atenção para outra coisa e procure esquecer que está usando óculos. Quanto mais você tirá-los a cada incômodo, mais tempo vai levar para se acostumar.

Dê um descanso aos seus olhos

Agora, se o desconforto for muito grande e estiver atrapalhando a sua concentração ou as atividades cotidianas, tente dar um tempo: tire os óculos, lave o rosto, feche-os por um momento e, se possível, tire um cochilo. O estresse pode piorar os sintomas, como a dor de cabeça, comum na fase de adaptação. Precisa usar óculos ou vai trocá-los? Tente fazer isso numa sexta-feira, por exemplo, para ter todo o final de semana para se acostumar com eles e começar a próxima semana já adaptado.

Se o desconforto persistir, procure ajuda

Alguns incômodos, como falamos anteriormente, são comuns e passam com os dias. Mas se você ainda estiver desconfortável com os óculos por mais de duas semanas, sentindo fortes dores de cabeça, muita tontura ou enjoos, talvez seja a hora de procurar o seu oftalmologista. Conte tudo o que está sentindo para verificar se o grau está realmente correto ou se existe algum outro problema por trás disso.

Mantenha as lentes limpas

Colocar duas lentes na frente dos seus olhos já é algo totalmente novo se você nunca usou óculos. Agora, se elas estiverem sujas, essa adaptação vai ser ainda mais complicada e demorada. Por isso, limpe os óculos diariamente, com flanela ou algum papel macio para não riscar as lentes. Você pode usar detergente neutro ou um spray próprio para limpeza. O processo de deixar as lentes sempre limpas vai fazer com que se acostume com seus óculos mais rapidamente.

Já escolheu a armação dos seus óculos novos? Nas Óticas Diniz você encontra modelos perfeitos para qualquer ocasião.

Para mais dicas e informações, fique de olho em nosso Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *