Dia Nacional do Livro: como resolver dificuldades de leitura

Talvez você já saiba disso, mas não custa nada reforçar: livros são de extrema importância para o nosso desenvolvimento.

Ler expande os nossos pensamentos, nos oferecendo um universo sem fim de conhecimentos e lições, mantendo nossas mentes ativas e afiadas.

A relevância da literatura, para o nosso aprendizado e compreensão do mundo a nossa volta, não pode ser subestimada, ainda mais considerando o vocabulário e o raciocínio lógico que adquirimos por meio da leitura.

Com isso em mente, o dia 29 de outubro foi definido no Brasil como o Dia Nacional do Livro, celebrando uma das maiores riquezas da humanidade.

Mas, para garantir uma leitura prazerosa, devemos ter alguns cuidados básicos com a nossa visão, afinal de contas nossos olhos são órgãos complexos e delicados.

Confira algumas dicas das Óticas Diniz para manter a sua visão segura e saudável.

Não exija mais que seus olhos podem suportar

Assim como o exagero nos exercícios físicos pode causar problemas musculares, forçar a visão pode provocar ardência, ressecamento, embaçamento e dores nos olhos e de cabeça.

Se você precisa ficar muito tempo com a visão focada no trabalho, por exemplo, procure fazer pausas periódicas, foque em objetos mais distantes e feche os olhos por alguns minutos, isso dará um descanso à sua visão.

Dores de cabeça provocadas pelo esforço exagerado dos olhos podem ser confundidas como resultantes de estresse ou outras razões não relacionadas aos olhos.

Simplesmente tomar aquele analgésico para resolver a dor só vai aliviar o sintoma temporariamente e não vai eliminar a fonte do problema.

Procure identificar quais de suas práticas, durante o dia, podem estar exigindo mais dos seus olhos: ler com luz muito fraca, usar óculos inadequados ao seu grau, ficar muito perto de telas eletrônicas ou com iluminação muito forte são péssimos hábitos.

Dificuldade para enxergar de perto

Ler de perto é uma prática comum para todos nós. Da infância à terceira idade, estamos acostumados a aproximar objetos como os livros para uma leitura mais precisa e confortável.

Entretanto, independentemente da idade, podemos sofrer com problemas físicos que dificultam enxergar de perto.

Para quem tem mais de 40 anos, é comum surgir a presbiopia, mais conhecida como vista cansada. O principal sintoma é justamente a necessidade de ficar ajustando a distância do objeto em que se está focando.

A presbiopia ocorre em razão da perda natural e gradual da elasticidade dos músculos ciliares, que movem o cristalino, e o indivíduo não percebe mais com tanta nitidez os objetos próximos.

Como a causa principal dessa condição é justamente o envelhecimento, todos teremos presbiopia em algum momento da vida.

Já para quem tem menos de 40 anos e sofre com os mesmos sintomas da presbiopia, o diagnóstico mais comum é a hipermetropia, causada principalmente por fatores genéticos.

Pessoas com essa condição enxergam embaçado tudo que está próximo, mas enxerga perfeitamente bem o que está longe.

Isso acontece devido a um problema de refração: a luz que chega aos olhos forma a imagem que vemos atrás da retina, quando o correto seria a formação da imagem ocorrer na retina.

Tanto a presbiopia quanto a hipermetropia não têm cura, mas os sintomas podem ser eliminados usando óculos de grau, lentes de contato ou recorrendo à cirurgia refrativa.

Se você tiver qualquer dificuldade para ler, consulte um oftalmologista imediatamente, quanto antes for feito o diagnóstico, melhor para resolver o problema.

Nas Óticas Diniz você encontra os melhores óculos para garantir uma boa e prazerosa leitura.

Para mais dicas e informações, fique de olho em nosso Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *