vista cansada

Presbiopia: por que a vista cansada acontece e qual o tratamento?

O envelhecimento é um processo natural e comum a todos os seres vivos, em que a diminuição orgânica e funcional, sem origem em doenças, acontece inevitavelmente com o passar do tempo.

Com o aumento da vulnerabilidade do corpo humano, um de nossos mais sensíveis órgãos, o olho, precisa de atenção e cuidados constantes para evitar ou, pelo menos, diminuir os efeitos do tempo.

Uma das condições na visão mais comuns que se desenvolvem em razão do envelhecimento dos olhos é a presbiopia, também chamada de vista cansada.

Ocorrendo com maior frequência a partir dos 40 anos de idade, os principais sintomas são a perda de capacidade de focalizar objetos muito próximos, dificuldade em enxergar letras e imagens muito pequenas e dores de cabeça após tarefas que exijam enxergar de perto.

Causas da presbiopia ou vista cansada

Dentro de nossos olhos está o cristalino, que funciona de forma semelhante a uma lente de câmera, mudando de forma para ajustar a visão e focar em objetos próximos ou afastados.

Para fazer esse movimento de focalização, o cristalino depende dos músculos ciliares, que ficam prejudicados com o envelhecimento natural dos olhos e, consequentemente, dificultam a adaptação do cristalino às necessidades de foco.

Além da idade, características como anemia, diabetes, esclerose múltipla, doenças cardiovasculares e o uso de medicamentos antidepressivos, anti-histamínicos e diuréticos podem favorecer o desenvolvimento precoce da presbiopia.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da presbiopia – ou vista cansada – deve ser feito por um oftalmologista, que executará um exame ocular completo, testando sua acuidade visual, habilidade para adaptação do foco, músculos oculares e a retina.

Como a condição não tem cura, as opções de tratamento têm como objetivo reduzir os sintomas e estabilizar a capacidade de foco dos olhos.

Entre os métodos indicados, está o uso de óculos de grau ou lentes de contato, que cumprirão a função do cristalino prejudicado pelo envelhecimento, compensando sua menor flexibilidade e fazendo com que a imagem se projete corretamente na retina.

Um erro comum e que deve ser evitado é o uso de óculos de descanso sem receita. Utilizar um grau não compatível com a real necessidade de seus olhos pode piorar a situação e provocar danos graves na visão.

O grau adequado será definido pelo oftalmologista, que geralmente receita lentes positivas, ou seja, com a adição especial de grau para a presbiopia.

Já nas opções cirúrgicas, a vista cansada pode ser corrigida por meio de cirurgia a laser com a colocação de lentes intraoculares monofocais, multifocais ou acomodativas.

Se você precisa de óculos adequados ao seu grau de presbiopia com garantia de qualidade e segurança, conte com as Óticas Diniz.

Para mais dicas e informações, fique de olho em nosso Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *