Os 10 problemas mais comuns de visão

Fator genético, falta de incentivo visual durante a infância, lesões, falta de higiene, contato com o sol, enfim… São várias as causas dos problemas de visão. Estima-se que 35 milhões de brasileiros, quase 19% da população, sofram com alguma alteração visual. Portanto, se você faz parte desse grupo, deve seguir corretamente todas as recomendações prescritas pelo seu oftalmologista.

 

Aliás, a consulta com o especialista é indispensável, afinal, só ele é capaz de fazer o diagnóstico exato do seu problema de visão e indicar o tratamento mais adequado. Por falar nisso, existem diversos tipos de erros de refração, mas você saberia dizer quais são mais comuns? Confira a lista!

 

ERROS DE REFRAÇÃO

  1. Miopia: o problema de visão mais comum no mundo consiste na dificuldade para enxergar o que está longe. Isso acontece porque há um erro na refração da luz, fazendo com que ela se foque antes de chegar à retina. Com isso, a visão fica borrada com formas difíceis de serem distinguidas. Fique atento caso não enxergue com nitidez objetos distantes, sinta dores de cabeça (especialmente após leituras) e tenha que cerrar os olhos para combater o embaçamento visual.

 

Confira algumas dicas para conservar seus óculos!

 

  1. Hipermetropia: acontece de forma oposta à miopia, ou seja, há dificuldade para enxergar o que está perto. Este problema de visão acontece quando o globo ocular é menor que o normal, fazendo com que a imagem seja projetada após a retina. Entre os sintomas mais comuns, estão incômodos para enxergar imagens muito próximas, dores de cabeça e nos olhos, além de cansaço.

 

  1. Astigmatismo: problema de visão que afeta pessoas de todas as idades, provoca uma curvatura da córnea ou do cristalino (lente natural do olho), impedindo que os raios de luz incidam sobre um mesmo ponto. A visão fica embaçada, especialmente nas bordas, e as imagens ficam distorcidas, tanto para o que está perto quanto para o que está longe. Fique atento caso apresente visão borrada ou dupla, dores de cabeça, sensibilidade à luz, olhos cansados e dificuldade para ler letras pequenas.

 

  1. Estrabismo: causado pelo desalinhamento entre os olhos, cada olho se movimenta e se direciona para um local diferente por conta de um distúrbio dos músculos oculares. O problema de visão pode ser convergente (quando um dos olhos se direciona para baixo), divergente (quando um dos olhos aponta para fora do rosto) e vertical (quando um deles está posicionado mais para cima ou para baixo). Apresenta como sintomas a dificuldade de focar os dois olhos na mesma direção ao mesmo tempo, visão dupla e dor de cabeça.

 

  1. Presbiopia: problema de visão popularmente conhecido como visão cansada, é mais comum após aos 40 anos de idade e está relacionado ao envelhecimento natural dos olhos. Ao passar dos anos, a visão tende a sofrer um desgaste que dificulta a capacidade de focar objetos e imagens próximos. Por isso, apresenta vista borrada durante a leitura, dor de cabeça e outros fatores.

 

Confira os alimentos mais indicados para cuidar dos olhos!

PATOLOGIAS

  1. Catarata: também relacionado ao envelhecimento natural dos olhos, é comum entre os idosos e afeta o cristalino, que se torna opaco e diminui progressivamente a visão. O problema de visão apresenta sensação de visão embaçada, alteração contínua do grau dos óculos, sensibilidade à luz, espalhamento de reflexos ao redor das luzes e sensação de desbotamento das cores.

 

  1. Glaucoma: provocado pelo aumento da pressão dentro do olho, que pode comprimir os vasos sanguíneos e interromper a irrigação sanguínea na região. Com isso, pode haver perda progressiva da visão e estreitamento do campo visual. Existem diversos tipos de glaucoma e os sintomas também variam, por isso, é preciso ter acompanhamento especializado.

 

  1. Conjuntivite: problema de visão causado por uma inflamação ou infecção da membrana que envolve o globo ocular. Normalmente, é causada por alergias, irritação ou infecção. É contagiosa e transmitida pelo contato com as secreções oculares da pessoa infectada. Apresenta visão embaçada, secreção esbranquiçada ou amarelada, olhos vermelhos, dor, coceira e sensibilidade à luz.

 

  1. Descolamento da retina: ocorre quando o vítreo (substância transparente e gelatinosa que posiciona a retina no globo ocular) é encolhido, causando o desprendimento da retina e interrompendo o fornecimento de nutrientes na região, comprometendo a visão. Normalmente, o problema de visão é causado por fator genético, trauma ou processo natural do envelhecimento e pode ser detectada com o surgimento repentino de manchas no campo de visão.

Saiba o que deve ser levado em conta na hora de escolher óculos para homens!

  1. Problemas na córnea: existem alguns problemas de visão que afetam a córnea, alterando a capacidade de visão. O mais comum é o ceratocone, causado pelo hábito de coçar os olhos e que altera a curvatura da córnea, levando à perda progressiva da visão. A ceratite, por outro lado, consiste na inflamação da córnea. Procure ajuda oftalmológica se tiver dificuldade de realizar atividades que eram simples, lacrimejamento, dor e secreção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *