5 fatos sobre a visão humana

5 fatos sobre a visão humana

A visão humana é um dos mais fascinantes sentidos do corpo. A córnea, a íris, o cristalino, o vítreo e a retina são apenas algumas das partes que constituem essa incrível e complexa criação da natureza.

Responsável por captar incontáveis imagens por dia e mandá-las para o nosso cérebro decodificar, a visão exige cuidado e atenção justamente pela sua complexidade.

As Óticas Diniz separaram, a seguir, alguns fatos curiosos sobre a visão humana que mostram o quão extraordinária e importante ela é para o nosso corpo.

1 – Recém-nascidos enxergam apenas em preto e branco (e vermelho)

Você já deve ter ouvido falar que bebês enxergam apenas em preto e branco. Apesar de haver um fundo de verdade nessa teoria, a realidade é que recém-nascidos com até dois meses de idade enxergam também a cor vermelha. Até os cinco meses de idade ele será capaz de visualizar todo o espectro de cores.

2 – Pessoas com olhos azuis descendem de um único ser humano

Há milênios, todos os seres humanos tinham olhos castanhos. Então, por volta de 7 mil anos atrás, surgiu o primeiro ser humano a adquirir a coloração azul na íris. O geneticista Hans Eiberg descobriu tal fato por meio de uma análise dos genes de pessoas com olhos azuis.

Ele encontrou evidências de que uma única mutação genética deu origem à pigmentação, em um ser humano que viveu próximo ao mar Negro e foi passando a característica adquirida de geração em geração.

3 – Os músculos dos olhos são os mais rápidos do corpo humano

Humanos têm seis músculos em cada olho para controlar seus movimentos e um que controla a elevação da pálpebra. Os músculos extraoculares, como são chamados, permitem que possamos observar diferentes objetos em diversas posições sem precisar mexer a cabeça.

O músculo que faz o movimento de abrir e fechar da pálpebra é o mais rápido do corpo humano. Uma única piscada de olhos pode durar apenas 0.1 segundos, ou seja, 100 milissegundos.

4 – As pupilas se dilatam quando olhamos alguém que amamos

Quando você interage com alguém que gosta ou ama, receptores cerebrais produzem dopamina, que atua, entre outras coisas, na sensação de prazer, resultando em sentimentos de excitação e motivação, além de dilatar a pupila. Essa reação física ocorre até mesmo quando vemos imagens de pessoas ou situações prazerosas.

Entretanto, outras emoções, como medo e raiva, também podem provocar a dilatação da pupila, bem como a ingestão de álcool e variações de iluminação no ambiente.

5 – Enxergar bem não significa ter olhos saudáveis

Algumas doenças podem passar totalmente despercebidas até que seja tarde demais. O glaucoma é um exemplo de condição ocular grave, que pode manter a capacidade de enxergar intacta até suas fases mais avançadas.

Patologias como essa começam em regiões menos relevantes para a visão central, mas que são de suma importância para a saúde ocular. A recomendação de consultar um oftalmologista pelo menos uma vez por ano se baseia justamente na prevenção dessas situações.

Para ficar atualizado com novidades, dicas e informações sobre a visão, fique de olho no Facebook e Instagram das Óticas Diniz!

FONTES

DAVIS, Nicola. (2017). The Guardian. The vision thing: how babies colour in the world. https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2017/apr/11/vision-thing-how-babies-colour-in-the-world

Universidade de Copenhague. (2008) Blue-eyed humans have a single, common ancestor. https://www.sciencedaily.com/releases/2008/01/080130170343.htm

SANTOS-LONGHURST, Adrienne. (2018) Is It Love? Dilated Pupils and 7 Other Signs to Watch For. https://www.healthline.com/health/dilated-pupils-love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *