Homem leva as mãos na pálpebra tremendo, em frente ao computador

Pálpebra tremendo indica que a saúde precisa de cuidados

Durante um dia normal, já sentiu sua pálpebra tremendo? Às vezes, é apenas a pálpebra inferior, em outros momentos é a pálpebra superior que treme.

Isso é mais comum do que se possa imaginar. Impossível de ser controlado, o tremor pode durar dias, com pequenos intervalos e é um sinal que é preciso tirar o pé do acelerador e ter mais atenção aos hábitos e à saúde dos olhos.

Estresse pode enviar estímulos para deixar a pálpebra tremendo

Oftalmologistas afirmam que é comum receber pacientes com este sintoma e que, em geral, apresentam sinais de cansaço, ansiedade ou excesso de trabalho. Quando o corpo está em estado de estresse, libera hormônios como o cortisol, que vão para o sistema nervoso autônomo (responsável por controlar a respiração, a temperatura e a digestão) e geram estímulos para as pálpebras fazerem contrações repetitivas e involuntárias.

Para amenizar o quadro, é recomendado descansar, ter uma alimentação rica em vitaminas e reduzir o consumo de café – a cafeína aumenta a produção de cortisol.

Mulher pressiona as mãos em cima da pálpebra tremendo

Pálpebra tremendo pode ser em razão dos olhos secos

Como as pessoas passam cada vez mais horas em frente ao computador, notebook ou smartphone, os olhos piscam menos vezes, prejudicando a sua umidade e contribuindo para o ressecamento do globo ocular. Com a secura dos olhos, as pálpebras podem apresentar tremores. Neste caso, com a indicação de um oftalmologista, tenha sempre à mão um colírio lubrificante e faça breve pausas durante o uso prolongado dos aparelhos eletrônicos.

Blefaroespasmo provoca intensos tremores

Normalmente confundido com um “tique nervoso”, o blefaroespasmo é mais forte e traz graves consequências para o cotidiano dos pacientes, como dificuldade para andar, dirigir e trabalhar. Ao provocar intensos tremores, as pálpebras se contraem por longos períodos e causam a chamada “cegueira funcional”.

O tratamento consiste na aplicação de toxina botulínica (botox) em locais específicos das pálpebras.

Agora que você já sabe as causas para o tremor das pálpebras, não arrisque a saúde dos olhos. Procure um oftalmologista de confiança e, se precisar, as Óticas Diniz oferecem as melhores opções de óculos, com garantia de qualidade, segurança e atendimento dedicado.

Quer mais dicas e informações? Fique de olho em nosso Facebook e Instagram.

 

Fontes

Hospital de Olhos de Cascavel

Canal Saúde

Viva Bem

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *