Um grupo de pessoas adultas, sentadas ao redor de uma mesa, mexendo no celular

Aparelhos eletrônicos causam problemas à visão

Nos dias atuais, é comum encontrar crianças, jovens, adultos e até idosos com um celular nas mãos ou em frente ao computador – às vezes utilizando os dois ao mesmo tempo. A tecnologia traz uma série de facilidades para o cotidiano, porém é preciso usá-la com moderação. O uso exagerado de aparelhos eletrônicos pode trazer problemas à saúde dos olhos.

Crianças são as mais prejudicadas

O Brasil está entre os cinco países com usuários que passam mais tempo na internet diariamente, com nove horas online. Esse hábito, somado a outros no cotidiano, favorece para que as pessoas fiquem mais tempo em ambientes fechados, em frente às telas, muitas delas próximas ao rosto. Isso faz com que os olhos focalizem apenas para perto. Esse é um problema que pode prejudicar, principalmente, as crianças. Como os pequenos passaram a brincar em ambientes fechados, não estimulam a visão para longe e podem desenvolver dificuldade de enxergar objetos distantes com nitidez.

Para ver com nitidez, o sistema ocular se ajusta, e esse esforço pode induzir a um maior crescimento do globo ocular, o que cria um grau de miopia.

Como tanto para as crianças, quanto para os adultos, abandonar o uso de aparelhos eletrônicos não é tarefa fácil, o recomendado é fazer intervalos regulares a cada hora de uso. Para os pequenos também cabe incentivar o costume de brincar em espaços maiores e abertos, cujo campo de visão é mais amplo, como parques ou mesmo na rua.

Olhos mais secos

Em média, o olho pisca de 22 a 24 vezes por minuto. Ao passar muitas horas diante de uma tela, os olhos piscam menos vezes, prejudicando a sua umidade e contribuindo para o ressecamento do globo ocular.

Para impedir que a visão seja atingida, o ideal é fazer pausas a cada 20 minutos de uso de tela, piscar durante esse descanso e focar no infinito.

Causas dos problemas de visão

Estão na tela dos smartphones, tablets, notebooks e computadores as causas dos danos à saúde dos olhos. Tamanho, luminosidade e emissão de luz exigem mais da visão.

  • Tamanho e qualidade – A tela reduzida e a baixa qualidade da imagem demandam um esforço maior para encontrar o foco da visão.
  • Luminosidade constante – As luzes reduzem a frequência das piscadas. Com isso, os olhos ficam mais secos, avermelhados e irritados.

Para mais dicas e informações, fique de olho no Facebook e no Instagram das Óticas Diniz.

 

FONTES

Hospital de Olhos de Cascavel 

EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *