Dia das Crianças – Exames de vista obrigatórios na infância

Alguns exames são essenciais para o bom desenvolvimento da visão humana. Portanto, quanto mais cedo você cuidar dos olhos do seu filho, melhor será o desenvolvimento da visão dele

Acompanhar o desenvolvimento da visão do seu filho é tão importante quanto acompanhar o desenvolvimento do resto do corpo. Normalmente, os pais levam seus filhos para a primeira consulta oftalmológica quando há alguma dificuldade de visão na sala de aula.

O que nem todos sabem é que o primeiro exame de visão (conhecido como teste do olhinho) deve ser feito ainda na maternidade.

1. Teste do olhinho

O teste do olhinho é garantido a todos os cidadãos brasileiros e pode ser realizado gratuitamente nas maternidades. Este é o primeiro passo para reduzir o risco de problemas oftalmológicos em crianças.

 

Trata-se de um procedimento rápido e indolor, realizado por um pediatra nas primeiras 48 horas de vida do bebê. O teste é feito da seguinte forma: o médico posiciona um aparelho chamado oftalmoscópio a uma distância de 30 cm de cada olho.

Com isso, avalia possíveis sinais de glaucoma, catarata e outras doenças, permitindo que o tratamento seja feito de forma precoce.

Os cuidados , no entanto, não param por aí. A primeira consulta com o oftalmologista deve acontecer por volta do primeiro ano de vida e a segunda, aos três anos. Depois, pode ser feita a cada dois anos, se a criança não apresentar nenhuma queixa ou dificuldade.

2. Exame oftalmológico

Deve ser feito geralmente a partir dos três anos de idade, no momento em que a criança já se comunica com o médico com clareza.Ele é importante para identificar e corrigir problemas comuns, como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

No consultório, é medida a acuidade visual e a musculatura ocular extrínseca, além do mapeamento de retina e biomicroscopia, exame que verifica as estruturas externas e internas do globo ocular por meio de diversos aumentos ópticos, como o equipamento chamado Lâmpada de Fenda ou Biomicroscópio Ocular.

3. Exame de fundo e pressão do olho

Já o exame de fundo e pressão do olho começa a ser realizado na fase adulta. Em casos especiais, a pressão do olho deve ser avaliada ainda quando o paciente é criança. Este exame permite que o médico analise a porção mais profunda do globo ocular e a pressão intraocular.

Pode ser realizado preventivamente, como um exame de rotina, mas a partir dos 40 anos torna-se fundamental para descartar males como o glaucoma, caracterizado pelo aumento da pressão dentro do olho.

4. Outros cuidados

É importante entendermos que a saúde geral do paciente também afeta a visão por meio de doenças como hipertensão arterial, diabetes, problemas cardíacos e histórico familiar. Tais doenças podem ser prevenidas por meio de hábitos saudáveis, como alimentação adequada, exercícios físicos e controle do estresse.

Cabe aos pais prestar atenção ao comportamento dos seus filhos. Caso note que ele não acompanha os movimentos de luz ao seu redor ou que suas pupilas apareçam brancas em fotos (como se fossem olhos de gatos), é preciso procurar ajuda médica o mais rápido possível.

Faça a sua parte e leve seu filho ao oftalmologista. Assim, ajudará a fazer com que a visão dele esteja sempre protegida.

 

Gostou das nossas dicas? Deixe um comentário contanto suas dúvidas sobre a visão infantil e curta a nossa página no Facebook para saber mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *